Ausente

 

Os sorrisos que me provocas
Parecem eternos.
Como eu queria, meu amor,
Que pudesses ver
Que os sorrisos trazem outros sorrisos
Por lembrar, por te ter.

E se visses meu dia
Em tua companhia
Quase dou a mão, quase olho pro lado
Suspiro. Saudade.

Sente. Dá pra sentir. Ausente?
Quando estás
Os meus olhos sempre dizem:
Vais ficar.

Um comentário em “Ausente

Comente aqui